Digite o nome da música e clique em pesquisar

Carregando...

Thank U - Alanis Morisette - n.º 546

terça-feira, 1 de maio de 2012








Thank U

How 'bout getting off of these antibiotics?
How 'bout stopping eating when I'm full up?
How 'bout them transparent dangling carrots?
How 'bout that ever elusive kudo?

Thank you, India
Thank you, terror
Thank you, disillusionment
Thank you, frailty
Thank you, consequence
Thank you, thank you, silence

How 'bout me not blaming you for everything?
How 'bout me enjoying in a moment for once?
How 'bout how good it feels to finally forgive you?
How 'bout grieving it all one at a time?

Thank you, India
Thank you, terror
Thank you, disillusionment
Thank you, frailty
Thank you, consequence
Thank you, thank, you silence

The moment I let go of it was
The moment I got more than I could handle
The moment I jumped off of it was
The moment I touched down

How 'bout no longer being masochistic?
How 'bout remembering your divinity?
How 'bout unabashedly bawling your eyes out?
How 'bout not equating death with stopping?

Thank you, India
Thank you, providence
Thank you, disillusionment
Thank you, nothingness
Thank you, clarity
Thank you, thank you, silence

Obrigada

Que tal largar desses antibióticos?
Que tal parar de comer quando eu já estiver cheia?
Que tal aquelas cenouras transparentes balançando?
Que tal a sempre enganadora glória?

Obrigada, Índia
Obrigada, terror
Obrigada, desilusão
Obrigada, fragilidade
Obrigada, conseqüência
Obrigada, obrigada, silêncio

Que tal eu não lhe culpar por tudo?
Que tal eu aproveitar o momento ao menos uma vez?
Que tal a sensação de finalmente lhe perdoar?
Que tal sentir pesar por tudo de uma só vez?

Obrigada, Índia
Obrigada, terror
Obrigada, desilusão
Obrigada, fragilidade
Obrigada, conseqüência
Obrigada, obrigada, silêncio

O momento que eu deixei para trás
Foi o momento em que eu obtive mais do que poderia segurar
O momento em que eu pulei fora
Foi o momento em que pus os pés no chão

Que tal não ser mais masoquista?
Que tal recordar sua divindade?
Que tal seus olhos chorarem descaradamente?
Que tal não equacionar morte com o fim?

Obrigada, Índia
Obrigada, providência
Obrigada, desilusão
Obrigada, nulidade
Obrigada, claridade
Obrigada, obrigada, silêncio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.

.

Opções PagSeguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Compras Por Depósitos Bancários



Para comprar através de depósito ou transferência

Após o pagamento envie o comprovante e o nome da música para: periclesvilela@hotmail.com





Banco do Brasil
Agencia 7010-6
Poupança Variação 51 - n.º 190721-2
Titúlar: Pericles Vilela Santos

Banco Caixa - Casas Lotéricas

Agencia 0906
Operação 001 - Conta Corrente n.º 20097-6
Titular: Pericles Vilela Santos

Banco Santander

Agencia 0277
Conta Poupança: 60001879-5
Titular: Pericles Vilela Santos






Veja abaixo as partituras mais acessadas no mês de Junho/2016

Pedido de Partituras

Pedido de Partituras
periclesvilela@hotmail.com

Curta Partituras no Facebook

Google+ Followers

Seguidores

Partituras Musicais do Brasil e do Mundo

Nosso Endereço: Avenida das Nascentes, 280, Parque Rizzo I

Cotia - SP. - CEP: 06702-617


Telefones: (11) 4616-8357 (11) 4703-6811
Celulares: Vivo: (11) 97412-2649 - Tim: (11) 95242-54-62

Total de visualizações de página

 
Partituras Musicais | by TNB ©2010