Digite o nome da música e clique em pesquisar

Carregando...

Que c'est triste Venise - Charles Aznavour -para Piano - n.º 734

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A Partitura completa desta música contém 03 Páginas, para recebe-las em seu e-mail por apenas R$ 8,99 - Clique em PagSeguro:




Que C'est Triste Venise

Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus
On cherche encore des mots
Mais l'ennui les emporte
On voudrait bien pleurer
Mais on ne le peut plus
Que c'est triste Venise
Lorsque les barcaroles
Ne viennent souligner
Que les silences creux
Et que le coeur se serre
En voyant les gondolles
Abriter le bonheur
Des couples amoureux
Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus
Les musées, les églises
Ouvrent enfin leurs portes
Inutile beauté
Devant nos yeux déçus
Que c'est triste Venise
Le soir sur la lagune
Quand on cherche une main
Que l'on ne vous tend pas
Et que l'on ironise
Devant le clair de lune
Pour tenter d'oublier
Ce que l'on ne se dit pas
Adieu tous les pigeons
Qui nous ont fait escorte
Adieu Pont des Soupirs
Adieu rêves perdus
C'est trop triste Venise
Au temps des amours mortes
C'est trop triste Venise
Quand on ne s'aime plus

Tão triste é Veneza

Tão triste é Veneza
Nos tempos de amores e mortes
Tão triste é Veneza
Quando as pessoas não se gostam mais
As pessoas tentam conversar mais
Mas o sonho lhes põe pra fora
As pessoas gostariam de chorar
Mas as pessoas não são mais capazes disto
Tão triste é Veneza
Quando os gondoleiros
Não vem encantar
Que quebra o silêncio
E que o coração se aperta
Enquanto vejo as gôndolas
Desperta a felicidade
Dos casais apaixonados
Tão triste é Veneza
Nos tempos de amores e mortes
Tão triste é Veneza
Quando as pessoas não se gostam mais
Os museus,as igrejas
Abrem as portas delas em vão
Beleza inútil
Antes que nossos olhos olhassem
Tô triste é Veneza
Na noite na laguna
Quando as pessoas procuram uma mão
Aquela que não se estende
E aquele satiriza
Antes do luar
Tenta esquecer
Que a pessoa não se diz
Adeus a todos os pombos
Que nos fez perseguir
Adeus a ponte dos suspiros
Adeus, perdi meus sonhos
É uma Veneza muito triste
Nos tempos de amores e mortes
É uma Veneza muito triste
Quando as pessoas não se gostam mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

.

.

Opções PagSeguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Compras Por Depósitos Bancários



Para comprar através de depósito ou transferência

Após o pagamento envie o comprovante e o nome da música para: periclesvilela@hotmail.com





Banco do Brasil
Agencia 7010-6
Poupança Variação 51 - n.º 190721-2
Titúlar: Pericles Vilela Santos

Banco Caixa - Casas Lotéricas

Agencia 0906
Operação 001 - Conta Corrente n.º 20097-6
Titular: Pericles Vilela Santos

Banco Santander

Agencia 0277
Conta Poupança: 60001879-5
Titular: Pericles Vilela Santos






Veja abaixo as partituras mais acessadas no mês de Junho/2016

Pedido de Partituras

Pedido de Partituras
periclesvilela@hotmail.com

Curta Partituras no Facebook

Google+ Followers

Seguidores

Partituras Musicais do Brasil e do Mundo

Nosso Endereço: Avenida das Nascentes, 280, Parque Rizzo I

Cotia - SP. - CEP: 06702-617


Telefones: (11) 4616-8357 (11) 4703-6811
Celulares: Vivo: (11) 97412-2649 - Tim: (11) 95242-54-62

Total de visualizações de página

 
Partituras Musicais | by TNB ©2010